Superdotação: O papel do psicólogo

 

O papel do psicólogo é essencial: Na escola: O psicólogo é aquele que vai confirmar de hands-598146_640maneira teórica e burocrática ( por ex. através de testes e relatórios) as possíveis altas habilidades da criança observadas pelo professor. É ele que vai conversar com os pais sobre as particularidades da criança e dar as primeiras orientações sobre o assunto tanto sobre os aspectos emocionais como  práticos. Como fazê-lo se o profissional não tiver conhecimento sobre o assunto?

em clínica particular, hospitais : Trazidos pelos pais, sem as prévias observações dos professores, neste caso o psicólogo, terapeuta, psiquiatra, terá que primeiro reconhecer as altas habilidades da criança para talvez relacioná-la com o problema em questão. A S. não é problema em si e nem um distúrbio, pelo contrário. Mas esta característica pode influenciar e muito o quadro geral de um problema. A experiência empírica mostra que estes profissionais apesar de altamente capacitados não conseguem trabalhar de forma satisfatória com a criança superdotada se estes não tiverem um fundado conhecimento o sobre o assunto. Por isso tanto eu, quanto as associações de apoio ao superdotado alemãs indicamos somente profissionais desta área que tenham especialização, ou mostrem conhecimentos sólidos sobre altas habilidades. Até breve.

 

Simone Clemens, pedagoga montessoriana pela associação Montessori de Aachen/Alemanha e  especialista em superdotação infantil e na adolescência pela IFLW/Alemanha

 

 

Anúncios

Um comentário em “Superdotação: O papel do psicólogo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: