Superdotação x Autismo

menina sabão2Hoje, no dia do autismo, faço uma rápida ressalva para as principais diferenças entre estas duas características.

Superdotação e autismo, principalmente a variação branda do autismo conhecida como síndrome de Asperger, são temas muito complexos, sendo algumas de suas características  muito parecidas para olhos iniciantes.

Por esta razão, alguns profissionais (médicos pediatras, neurologistas, neuropsicólogos, psicólogos)  por falta de conhecimento no tema superdotação, confundem superdotação normal com síndrome de Asperger.

Infelizmente o tema superdotação ainda é muito novo, principalmente em países de língua portuguesa e não chegou à formação dos profissionais na sua esmagadora maioria.  Dentro deste quadro, alguns profissionais, mesmo que sejam muito bons na sua área, podem não entender do tema superdotação especificamente, e estão a diagnosticar o que não conhecem.  Estão dizendo pessoas superdotadas como autistas.   

Um erro drástico assim de diagnóstico pode trazer consequências graves para a criança e para a criança e sua família.

No entanto, superdotação e síndrome de Asperger não são difíceis de serem diferenciados por profissionais especializados e experientes.

Superdotado não é autista. Mas há autistas, geralmente na sua forma mais branda, chamada síndrome de Asperger, que podem ter uma inteligência muito acima da média, ser superdotado em alguma área do conhecimento.

Se seu filho foi diagnosticado como Asperger com inteligência acima da média (nem todo Asperger tem inteligência -cognitivo- acima da média), aconselho urgente a consultar pelo menos uma vez , um especialista em superdotação para uma revisão do diagnóstico.

Analiso aqui com vocês, algumas características principais ditas, características do autista e comparo, mostrando as principais diferenças entre estas e as de um superdotado.

Os pontos em negrito estão como características autistas e as explicações em cursivo são dirigidas aos superdotados.
  • A criança evita contato visual

O superdotado não apresenta qualquer problema com contato visual. Pelo contrário, ele mantém contato visual geralmente muito cedo com os pais ou com a pessoa de confiança.

  • Demonstra pouquíssimo interesse em outras pessoas.

A empatia é uma das características mais acentuadas de um superdotado e geralmente bastante precoce em relação à crianças da sua idade. A idéia que o superdotado é um tipo solitário, está relacionada a outros pontos que não tem ligação com a falta de  interesse em outras pessoas. No caso do superdotado, a preferência a poucos amigos, se dá na maioria dos casos, por causa de seus interesses pouco comuns e a dificuldade de encontrar pessoas que tenham as mesmas afinidades com eles.

  • O desenvolvimento da linguagem parece diferente

Em geral, o desenvolvimento da linguagem do superdotado é geralmente precoce, com pronúncia muito exata e com construção gramatical muito correta para a idade.  Há casos onde ele começa a falar tarde – com 4 anos ou mais – porém quando começa, seu desenvolvimento é extremamente rápido, prezando por gramática e pronúncia correta.

  • O aluno não responde quando é chamado. Parece  surdo.
  • Faz movimentos repetitivos sem motivo aparente
  • Costuma mexer com os dedos e as mãos de forma peculiar

Estas características não são de forma alguma típicas  à superdotados.

  • Repete frases e outros conteúdos que ouviu em filmes e desenhos animados

Esta característica pode levar a mal entendidos. Qualquer criança distraída, pode repetir frases, passar frases, textos pela cabeça … A criança pode estar tentando decorar ou lembrar-se de algo. Um profissional especializado pode classificar estas diferenças de maneira satisfatória e eficaz

  • Costuma emitir sons e palavras repetidas, fora do assunto

Esta característica pode ser vista em vários quadros e não é específica de autistas. Algumas fases, problemas psicológicos agudos, situações de tensão pode levar uma criança a este tipo de comportamento. Por isso não é um ponto pelo qual se classificaria uma criança de autista. Um profissional especializado pode diferenciar onde está o limite entre um superdotado e um autista com relação à este ponto.

  • Isola-se dos colegas sem motivo
  • Confunde-se com frases de sentido figurado e leva tudo ao pé da letra

Muito pelo contrário, o superdotado tem já muito cedo, um excelente poder de pensamento abstrato, tornando para ele fácil os jogos de palavras

  • Comunica-se melhor apenas quando fala de temas de seu interesse

Bem, qualquer pessoa comunica-se melhor no tema de seu interesse …inclusive o superdotado.

  • Brinca com os objetos e brinquedos de maneira inusitada

A criança pode estar sendo criativa, ou pode estar tendo um interesse em entender algum tipo de mecanismo. Um profissional especializado pode diferenciar até que ponto seria uma reação típica de superdotado e até que ponto típica de um autista.

  • Reage excessivamente a barulhos altos ou a contato físico

O superdotado não tem nenhuma ressalva a contato físico. Este ponto realmente é uma característica própria do autismo. Já reagir a barulhos, música, sensações, são característica de pessoas extremamente sensíveis. Sendo autistas ou não. Alguns superdotados são também supersensíveis. Daí muitas vezes a confusão.

  • Tem pouca noção de situações perigosas

Superdotados tem como característica forte, desde muito cedo, um senso de ação e reação, causa e efeito. Por isso, esta dificuldade, realmente não seria uma característica de pessoas superdotadas.

  • Parece ter reduzida capacidade de abstração, ou seja, imaginar

Já  a capacidade de pensamento abstrato é uma  característica das mais fortes entre os superdotados

  • Apresenta interesse exagerado em assuntos muito específicos. Segue rotinas próprias muito rígidas

Superdotados tem interesse focado em muitos assuntos específicos. E por causa do seu  foco, muitas vezes se mostra bastante disciplinado. Daí uma possível confusão neste ponto, para olhos iniciantes.

  • Incomoda-se quando foge da rotina

Superdotados podem ser disciplinados em determinadas fases ávidas do seu trabalho. Mas a característica autista do termo é extremamente diferente e dá-se de forma bastante distinta.

  • Dificuldade de sociabilização

O superdotado em condições normais ao contrário do que rege o cliché, não tem dificuldade nenhuma de socialização. Pelo contrário, é provado por vários e longos estudos, que a criança superdotada tem uma capacidade de socialização muito acima da média.

Uma possível  dificuldade de socialização do superdotado é completamente diferente de um autista e tem razões muito claras e diferentes das de um autista.

Algumas características entre o autismo, principalmente a forma Asperger, e a superdotação, podem ser parecidas à primeira vista, portanto:

Se seu filho foi diagnosticado como Asperger com inteligência acima da média (nem todo Asperger tem inteligência -cognitivo- acima da média), aconselho  a consultar pelo menos uma vez , um especialista em superdotação para uma revisão do diagnóstico.

Simone Clemens, pedagoga Montessoriana pela Associação Montessori de Aachen/Alemanha filiada à AMI (Associação Internacional Montessori) e AME (associação européia montessoriana) e especialista em Superdotação na infância e adolescência pela IFLW/Alemanha.

Fontes de características autistas: AMA-Ba – Associação de Amigos do Autista da Bahia, cartilha sobre o autismo (do blog: sóescola.com), AAMPARA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s